• Steve Jobs 1955 – 2011

    Mar 18 2012, 15:39

    "Lembrar que estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que já encontrei para me ajudar a tomar grandes decisões. Porque quase tudo - expectativas externas, orgulho, medo de passar vergonha ou falhar - caem diante da morte, deixando apenas o que é apenas importante. Não há razão para não seguir o seu coração. Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira que eu conheço para evitar a armadilha de pensar que você tem algo a perder. Você já está nu. Não há razão para não seguir seu coração."

    "Às vezes a vida te bate com um tijolo na cabeça. Não perca a fé. Estou convencido de que a única coisa que me fez continuar foi que eu amava o que eu fazia. Você precisa encontrar o que você ama. E isso vale para o seu trabalho e para seus amores. Seu trabalho irá tomar uma grande parte da sua vida e o único meio de ficar satisfeito é fazer o que você acredita ser um grande trabalho. E o único meio de se fazer um grande trabalho é amando o que você faz. Caso você ainda não tenha encontrado, continue procurando. Não pare. Do mesmo modo como todos os problemas do coração, você saberá quando encontrar. E, como em qualquer relacionamento longo, só fica melhor e melhor ao longo dos anos. Por isso, continue procurando até encontrar, não pare"

    "Não tenha medo de seguir o seu coração ou sua intuição, pois eles sabem o que você pode se tornar e até onde pode chegar. Todo o resto é secundário".



    "Você não pode conectar os pontos olhando para a frente; você só pode conectar os pontos olhando para trás. Assim, você precisa acreditar que os pontos irão se conectar de alguma maneira no futuro. Você precisa acreditar em alguma coisa – na sua coragem, no seu destino, na sua vida, no karma, em qualquer coisa. Este pensamento nunca me deixou na mão, e fez toda a diferença na minha vida."

    "Seu tempo é limitado. Por isso, não perca tempo em viver a vida de outra pessoa.

    Não se prenda pelo dogma, que nada mais é do que viver pelos resultados das ideias de outras pessoas"
    "Ninguém quer morrer. Mesmo as pessoas que querem chegar ao paraíso não querem morrer para estar lá. Mas, apesar disso, a morte é um destino de todos nós. Ninguém nunca escapou. E deve ser assim, porque a morte é provavelmente a maior invenção da vida. É o agente de transformação da vida. Ela elimina os antigos e abre caminho para os novos"


    Steve Jobs 1955 – 2011
  • UM DIA VOCÊ APRENDE...

    Mar 6 2012, 22:10

    Um dia você aprende… (Willian Shakespeare)

    Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.

    E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança ou proximidade.

    E começa aprender que beijos não são contratos, tampouco promessas de amor eterno.

    Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos radiantes, com a graça de um adulto – e não com a tristeza de uma criança.

    E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, pois o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, ao passo que o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

    Depois de um tempo você aprende que o sol pode queimar se ficarmos expostos a ele durante muito tempo.

    E aprende que não importa o quanto você se importe: algumas pessoas simplesmente não se importam…

    E aceita que não importa o quão boa seja uma pessoa, ela vai ferí-lo de vez em quando e, por isto, você precisa estar sempre disposto a pedoá-la.

    Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

    Descobre que se leva um certo tempo para construir confiança e apenas alguns segundos para destruí-la; e que você, em um instante, pode fazer coisas das quais se arrependerá para o resto da vida.

    Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e que, de fato, os bons e verdadeiros amigos foram a nossa própria família que nos permitiu conhecer.

    Aprende que não temos que mudar de amigos: se compreendermos que os amigos mudam (assim como você), perceberá que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou até coisa alguma, tendo, assim mesmo, bons momentos juntos.

    Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito cedo, ou muito depressa. Por isso, sempre devemos deixar as pessoas que verdadeiramente amamos com palavras brandas, amorosas, pois cada instante que passa carrega a possibilidade de ser a última vez que as veremos;

    Aprende que as circunstâncias e os ambientes possuem influência sobre nós, mas somente nós somos responsáveis por nós mesmos; começa a compreender que não se deve comparar-se com os outros, mas com o melhor que se pode ser.

    Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que se deseja tornar, e que o tempo é curto.

    Aprende que não importa até o ponto onde já chegamos, mas para onde estamos, de fato, indo – mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar servirá.

    Aprende que: ou você controla seus atos e temperamento, ou acabará escravo de si mesmo, pois eles acabarão por controlá-lo; e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa o quão delicada ou frágil seja uma situação, sempre existem dois lados a serem considerados, ou analisados.

    Aprende que heróis são pessoas que foram suficientemente corajosas para fazer o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências de seus atos.

    Aprende que paciência requer muita persistência e prática.

    Descobre que, algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, poderá ser uma das poucas que o ajudará a levantar-se. (…)

    Aprende que não importa em quantos pedaços o seu coração foi partido: simplesmente o mundo não irá parar para que você possa consertá-lo.

    Aprende que o tempo não é algo que possa voltar atrás. Portanto, plante você mesmo seu jardim e decore sua alma – ao invés de esperar eternamente que alguém lhe traga flores.

    E você aprende que, realmente, tudo pode suportar; que realmente é forte e que pode ir muito mais longe – mesmo após ter pensado não ser capaz. E que realmente a vida tem seu valor, e, você, o seu próprio e inquestionável valor perante a vida.
  • Quem Sou???

    Feb 18 2012, 17:53

    Quando o desalento te invadir a alma e as lágrimas te aflorarem aos olhos, busca-me... eu sou aquele que sabe sufocar-te o pranto e estancar-te as lágrimas;

    Quando te julgares imcompreendido pelos que te circundam e vires que em torno a indiferença recrudesce, acerca-te de mim... eu sou a luz, sob cujos raios se aclaram a pureza de tuas intenções e a nobreza de teus sentimentos;

    Quando se te extinguir o ânimo nas vicissitudes da vida e te achares na iminência de desfalecer, chama-me... eu sou a força capaz de remover-te as pedras dos caminhos e sobrepor-te às adversidades do mundo;

    Quando, inclementes, te açoitarem os vendavais da sorte e já não souberes onde reclinar a cabeça, corre para junto de mim... eu sou o refúgio em cujo seio encontrarás guarida para o teu corpo e tranquilidade para o teu espírito;

    Quando te faltar a calma nos momentos de maior aflição, e te julgares incapaz de conservar a serenidade de espírito, invoca-me... eu sou a paciência, que te faz vencer os transes mais dolorosos e triunfar nas situações mais difíceis;

    Quando te abateres nos paroxismos da dor e tiveres a alma ulcerada pelos abrolhos dos caminhos, grita por mim... eu sou o bálsamo que te cicatriza as chagas e te minora os padecimentos;

    Quando o mundo te iludir com suas promessas falazes e perceberes que já ninguém pode inspirar-te confianças, vem a mim... eu sou a sinceridade que sabe corresponder à franqueza de tuas atitudes e a exceltude de teus ideais;

    Quando a tristeza e a melancolia te provarem o coração e tudo te causar aborrecimento, clama por mim... eu sou a alegria que te insufla um alento novo e te faz conhecer os encantos de teu mundo interior;

    Quando um a um, te fenecerem os ideais mais belos e te sentires no auge do desespero, apela para mim... eu sou a esperança que te robustece a fé e acalanta os sonhos;

    Quando a impiedade se recusar a relevar-te as falhas e experimentares a dureza do coração humano, procura-me... eu sou o perdão que te eleva o ânimo e promove a reabilitação de teu espírito;

    Quando duvidares de tudo, até de tuas próprias convicções e o ceticismo te avassalar a alma, recorre a mim... eu sou a crença que te inunda de luz o entendimento e te reabilita para a conquista da felicidade;

    Quando já não aprovares a sublimidade de uma afeição sincera e te desiludires do sentimento de seu semelhante, aproxima-te de mim... eu sou a renúncia que te ensina a olvidar a ingratidão dos homens e a esquecer a imcompreensão do mundo;

    Quando, enfim, quiseres saber quem sou, pergunta ao riacho que murmura e ao pássaro que canta, à flor que desabrocha e a estrela que cintila, ao moco que espera e ao velho que recorda;

    Eu sou a dinâmica da vida e a harmonia da natureza;

    Chamo-me Amor!!!

    Emmanuel / Chico Xavier
  • As quatro leis INDIANAS da espiritualidade

    Feb 18 2012, 17:08

    1ª Lei - "A pessoa que vem é a pessoa certa"

    Significa que ninguém está em ,nossa vida por acaso. Todas as pessoas em nosso redor estão interagindo conosco. Há sempre algo que nos faz aprender e avançar em cada situação.

    2ª Lei - "Aconteceu a única coisa que poderia ter acontecido"

    Nada, nada, absolutamente nada do que acontece em nossas vidas poderia ter sido de outra forma. Mesmo o menor detalhe. Não há nenhum "se eu tivesse feito tasl coisa... ou, aconteceu que um outro...". O que aconteceu foi tudo que poderia ter acontecido, e foi para aprendermos alguma lição e seguirmos em frente. Todas e cada uma das situações que acontecem em nossas vidas são perfeitas.

    3ª Lei - "Toda vez que você iniciar é o momento certo"

    Tudo começa na hora certa: nem antes, nem depois. Quando estamos prontos para iniciar algo novo em nossas vidas, é o momento em que as coisas acontecem.

    4ª Lei - "Quando algo termina, acaba mesmo"

    Simplesmente assim. Se algo acabou em nossas vidas foi para nossa evolução, por isso, é melhor seguirmos em frente e nos enriquecermos com cada experiência.
  • Tempestade e Paz

    Feb 18 2012, 16:47

    Tempestade!
    Os ventos fortes e as chuvas torrenciais se unem em espetáculo dantesco.
    Enxurrada e lamaçal destroem sementeiras e alagam propriedades.
    Os trovões lançam seus gritos, enquanto os relâmpagos bailam com faíscas de luz, pelos céus.
    Destruição e treva reinam por algum tempo.
    Depois, uma grande calmaria a tudo sucede.
    Os trombeteiros do medo e os gigantes do horror cessam a fúria.
    A terra se apresenta revolvida, as árvores arrancadas... Os ninhos desfeitos.
    Os rios transbordantes e os dentes rilhados do sofrimento estão à mostra em toda parte, apresentando um quadro de aflição.
    No entanto, o ar está liberto de miasmas, de tensões, das altas cargas elétricas e magnéticas que aniquilam os homens, os animais e as plantas com lentidão.
    A pouco e pouco, as mãos da renovação trabalham os paineis destroçados e tudo retorna à normalidade.
    A natureza repousa para logo mais apresentar toda sua beleza outra vez.
    Assim também é a vida.
    A tormenta das dores, a borrasca dos sofrimentos atinge as criaturas vez ou outra, mais duramente.
    É como se tudo se unisse e acontecesse ao mesmo tempo: a enfermidade no lar, o desemprego, desentendimentos familiares, o abandono de alguém amado, uma traição...
    As nuvens escuras do desalento toldam o céu dos sentimentos e a desesperança castiga a alma.
    Contudo, por mais rudes sejam os padecimentos, as dificuldades ou os problemas, eles passam.
    Tudo passa na vida, pois tudo é transitório.
    Por isso, lembremos as lições de Madre Teresa de Calcutá que, em bela página, assim se expressa: "Tua força interior e tuas convicções não tem idade. Teu espírito é o espanador de qualquer teia de aranha".
    Continua, apesar de todos esperarem que abandones as lutas.
    Não deixes que se enferruge o ferro que há em ti.
    Age de forma que, em vez de compaixão, as criaturas te tenham respeito.
    E, se o peso das lutas e dos anos, te disser que não podes mais correr, prossegue andando.Diminui o rítimo, mas caminha sempre.
    Mesmo que tenhas que usar uma bengala, nunca te detenhas porque atrás de cada linha de chegada, há uma partida. Atrás de cada triunfo, há outro desafio.
    E mesmo que a pele enrugue, o cabelo fique branco, os dias se convertam em anos, o mais importante em ti só se trona melhor: o espírito imortal que és.
    A poesia de luz que supera a noite sombria, é convite a renovação.
    Mesmo que a noite das aflições teime em colocar trevas em tua alma e dominar as tuas aspirações, segue o sol e permite bordar de dia o teu coração.
    A luz brilha fora de ti, na natureza que desperta, elevando um hino à vida.
    Faze a tua claridade interior e renasce.

    Paz e luz a todos!

    Eros / Divaldo Franco
  • Para reflexão...

    Gen 31 2012, 16:31

    Deficiente: "É aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é o dono de seu destino."

    Louco: "É quem não procurar ser feliz com o que você tem."

    Cego. "É aquele que não vê o seu próximo morrer de frio, fome, miséria e só tem olhos para seus míseros problemas e para suas pequenas dores".

    Surdo: "É aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo ou o apelo de um irmão. Pois está sempre com pressa para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês"

    Mudo: "É aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia"

    Paralítico: "É quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda."

    Diabético: "É quem não pode ser doce."

    Anão: "É quem não sabe deixar o amor crescer"

    E finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois Miseráveis: ​​"são todos aqueles que não conseguem falar com Deus."

    "E a amizade é um amor que nunca morre."


    Mário Quintana
  • "Ceder"

    Dic 21 2011, 1:33

    Por que será que nos lamentamos tanto quando nos decepcionamos, perdemos e erramos?
    O mundo não acaba quando nos enganamos; ele muda, talvez, de direção. Mas, precisamos tirar partido ndos nossos erros.
    Por que tudo teria que ser correto, coerente, sim falhas? As quedas fazem parte da vida e do nosso aprendizado dela.
    Que dói, dói. Ah! isso não posso negar! Dói no orgulho, principalmente. E quanto mais gente envolvida, mais nosso orgulho dói.
    Portanto, o humilhante não é cair, mas permanecer no chão enquanto a vida continua seu curso.
    O problema é julgamos o mundo segundo nossa própria maneira de ilhar e nos esquecemosque existem milhões e milhões de olhares diferentes do nosso.
    Mas não está obrigatoriamente errado quem pensa diferente da gente só porque pensa diferente. E nem obrigatoriamente certo.
    Todo mundo é livre de ver e tirar suas próprias conclusões sobre a vida e sobre o mundo.
    As vezes acertamos, outras erramos. E somos normais assim.
    Então, numa discussão, numa briga, pare um segundo e pense: e se eu estiver errada?
    É uma possibilidade na qual raramente queremos pensar. Nosso "eu" nos cega muitas vezes.
    Nosso ciúme, nosso orgulho e até, porque não, nosso amor? Não vemos o lado do outro e nem queremos ver.
    E somos assim, muitas vezes injusto com o outro quanto com a gente mesmo, já que nos recusamos a oportunidade de aprender alguma coisa com alguém.
    E é porque tanta gente se mantém nessa posição que existem desavenças, guerras, separações.
    Ninguém cede e as pessoas acabam ficando sozinhas.
    E de que adianta ter sempre razão, saber de tudo, se no fim o que nos resta é a solidão?
    E não há partilha sem humildade, sem generosidade, sem amor no coração. Na escola, só aprendemos porque somos conscientes de que estamos lá porque não sabemos ainda; na vida é exatamente a mesma coisa. Se nos fecharmos, se fecharmos nossa alma e o nosso coração, nada vai entrar. E será que conseguiremos nos bastar a nós mesmos? Eu duvido.
    Não andamos em cordas bambas o tempo todo, mas às vezes é o único meio de atravessar.
    Somos bem mais resistentes do que julgamos; a própria vida nos ensina a sobreviver, viver sobre tudo e sobretudo.
    Nunca duvide do seu poder de sobrevivência. Se você duvida, cai.
    Depende de cada um de nós em particular. Podemos nos unir em força na oração para ajudar alguém, mas só esse alguém pode decidir a ter fé, força e coragem para continuar essa maravilhosa jornada da vida.

    Letícia Thompson
  • A resposta, meu amigo, está soprando no vento...

    Dic 20 2011, 21:54

    Quantos caminhos deve um homem percorrer, antes que o chamem de homem?
    Quantos mares deve uma pomba branca navegar, antes que possa repousar na praia?
    Quantas vezes mais as balas de canhão voarão, até que sejam banidas para sempre?
    A resposta, meu amigo, está soprando no vento...

    Quantos anos deve uma montanha existir, até que desapareça no mar?
    Quantos anos devem algumas pessoas existir, até que sejam permitidas de serem livres?
    Quantas vezes pode um homem virar a sua cabeça e fingir que simplesmente não vê?
    A resposta, meu amigo, está soprando no vento...

    Quantas vezes deve um homem olhar para cima, antes que possa ver o céu?
    Quantos ouvidos deve o homem possuir, até que possa ouvir o pranto do seu próximo?
    Quantas mortes ainda serão necessárias, até perceber que já morreram pessoas demais?
    A resposta, meu amigo, está soprando no vento...

    Bob Dylan
  • "Se não houver amanhã"

    Dic 20 2011, 20:01

    Se Não Houver Amanhã


    Sabe, eu que costumava deixar muitas coisas para amanhã, resolvi lhe dizer, hoje, o quanto você é importante para mim, porque quando acordei pela manhã, uma pergunta ressoava na acústica de minha alma: “e se não houver amanhã?”

    Então hoje eu quero me deter um pouco mais ao seu lado, ouvir suas idéias com mais atenção, observar seus gestos mais singelos, decorar o tom da sua voz, seu jeito de andar, de correr, de abraçar.

    Porque... se não houver amanhã... eu quero saber qual é sua comida preferida, a música que você mais gosta, a sua cor predileta...

    Hoje eu vou observar seu olhar, descobrir seus desejos, seus anseios, seus sonhos mais secretos e tentar realizá-los.

    Porque, se não houver amanhã... Eu quero ter gravado em minha retina o seu sorriso, seu jeito de ser, suas manias...

    Hoje eu quero fazer uma prece ao seu lado, descobrir com você essa magia que lhe traz tanta serenidade, quero subir aos céus com você, pelos fios invisíveis da oração.

    Hoje eu vou me sentar com você na relva macia, ouvir a melodia dos pássaros e sentir a brisa acariciando meu rosto, colado ao seu, em silêncio... E sem pressa.

    Hoje eu vou lhe pedir por favor, agradecer, me desculpar, pedir perdão, se for necessário.

    Sabe, eu sempre deixei todas essas coisas para amanhã, mas o amanhã é apenas uma promessa... o hoje é presente.

    Assim, se não houver amanhã eu quero descobrir hoje qual é a flor que você mais gosta e lhe ofertar um belo ramalhete.

    Quero conhecer seus receios, lhe aconchegar em meus braços e lhe transmitir confiança...

    Hoje, quando você for se afastar de mim, vou segurar suas mãos e pedir para que fique um pouco mais ao meu lado.

    Sabe, eu sempre costumo deixar as palavras gentis para dizer amanhã, carinhos para fazer amanhã, muita atenção para prestar amanhã, mas o amanhã talvez não nos encontre juntos.

    Eu sei que muitas pessoas sofrem quando um ser amado embarca no trem da vida e parte sem que tenham chance de dizer o que sentem, e sei também que isso é motivo de muito remorso e sofrimento.

    Por isso eu não quero deixar nada para amanhã, pois se o amanhã chegar e não nos encontrar juntos, você saberá tudo o que sinto por você e saberei também o que você sente por mim.

    Nada ficará pendente...

    Quero registrar na minha alma cada gesto seu.

    Quero gravar em meu ser, para sempre, o seu sorriso, pois se a vida nos levar por caminhos diferentes eu terei você comigo, mesmo estando temporariamente separados.

    Sabe, eu não sei se o amanhã chegará para nós, mas sei que hoje, hoje eu posso dizer a você o quanto você é importante para mim.

    Seja você meu filho, minha filha, meu esposo ou esposa, um amigo talvez, você vai saber hoje, o quanto é importante para mim... Porque, se não houver amanhã...

    ..................................

    Amanhã o sol será o mesmo mensageiro da luz, mas as circunstâncias, pessoas e coisas, poderão estar diferentes.

    Hoje significa o seu momento de agir, semear, investir suas possibilidades afetivas em favor daqueles que convivem com você.

    Hoje é o melhor período de tempo na direção do tempo sem fim...
  • O QUE TEM VALOR REAL PARA NÓS?

    Lug 8 2011, 23:51

    Estamos acostumados a dar valor as coisas, quando elas estão num contexto.
    Um grande músico, por exemplo, tocando seu instrumento descontraidamente na rua, num viaduto, numa estação de trem, é como uma obra de arte sem moldura. Um artefato de luxo sem etiqueta de grife. Ninguém pára para apreciá-lo. Ninguém valoriza. Porém, quando o mesmo artista se apresenta num luxuoso teatro, cobrando uma fortuna numa entrada, aí sim, todos param, valorizam e lotam o teatro para ver a mesma pessoa. Esse é apenas um exemplo entre tantas situações que acontecem diariamente, que são únicas, singulares e que não valorizamos, não damos importância, porque não vem com etiqueta e preço.
    Afinal, o que tem valor real para nós, independentemente de marcas, preços e grifes?
    É o que o mercado diz que podemos ter, sentir, vestir ou ser?
    Será que os nossos sentimentos e a nossa apreciação de beleza são manipulados pelo mercado, pela mídia e pelas instituições que detém o poder financeiro?
    Será que estamos valorizando somente aquilo que está com etiqueta e preço?
    As empresas envestem pesado em propaganda para vender cada vez mais seus produtos e muitos desses anúncios apelam, usando cenas de afeto, de alegria, de paz, coisas que não tem preço, que o dineiro não compra.
    É isso que precisamos valorizar. aquil que não tem preço, porque não se compra.
    Não se compra amizadem amor afeiçaõ...
    Não se compra carinho, dedicação, abraços e beijos... Compra-se sexo.
    Não se compra raio de sol, gotas de chuva, arco-iris...
    A canção do vento que passa sibilando pelo tronco oco de uma árvore é grátis.
    A criança que corre espontânea ao nosso encontro e se dependura em nosso pescoço, não tem preço.
    E o calor que se transmite, dura o quanto durar nossas lembranças.
    O ar que respiramos, a brisa que embaraça nossos cabelos, o verde das árvores e o colorido das flores nos é dado gratuitamente por Deus.
    Pensemos nisso e aproveitemos mais tudo que está ao nosso alcance, sem preço, sem patente registrada, sem etiqueta de grife.
    Usufruamos dos momentos de ternura que os amores nos ofertam, intensamente, entendendo que sempre a manifestação do afeto é única, extraordinária, especial.
    Fiquemos mais atentos ao que nos cerca, sejamos gratos pelo que nos é ofertado e sejamos felizes, desde hoje, enquanto o dia nos sorri e o sol despeja luz em nossos corações, apaixonados pela vida.