"Vou Nem Mentir"

RSS
Condividi

Mar 17 2010, 21:09

Hoje falarei de dois assunto: vícios de linguagem e sotaques. Dois assuntos? Sim, tô empolgado pra falar escrever hoje. =p

Vou nem mentir que eu viciei nessa frase do título... Mas porque isso aconteceu?
Bom, todos sabem que no nosso querido e amado português há muitas expressões, variações e vícios de linguagem *muitas delas deconhecidas por mim, vou nem mentir*. Então quando existe muito contato com várias pessoas de diversos lugares do país, você acaba absorvendo várias expressões e vícios.
Isso ocorreu comigo devido à faculdade. Como é um curso concorrido, muitos vêm de outros lugares para estudar aqui, e essa mistura não é pequena: cearenses, tocantinenses, goianos, mineiros, cariocas, paranaenses, pernambucanos, paraibanos e baianos; sem contar as pessoas que vieram dos diversos interiores norte-riograndenses, principalmente de Mossoró (pense num lugar queeeente! Vou nem mentir).
O problema é que eu, uma pessoa que vê graça em tudo, acho tudo que é vício de linguagem engraçado e logo pego a mania de ficar falando demasiadamente! Isso é horrível! Desde que eu entrei na facul, que eu não paro de falar expressções novas e, o pior de tudo, PEGAR SOTAQUES! <o>
Mas é castigo *é só outro vício de linguagem, já que eu não acredito nessas coisas, vou nem mentir*! Eu sempre tirava onda com o sotaque dos pernambucanos porque eles chiam no 'S' no fim da palavra, exemplo:
"Vocêx vão maix tarde pegar o ônibux das duax?"
Sim, eu costumava me cagar de rir disso e eu hoje eu tô falando assim!
Outra coisa que eu achava engraçado/bonitinho era a forma como minha amiga de Tocantis pergunta as horas:
"Ei, cê tem quantas horas aí?"
A gente tem hora? Quem tem hora é o relógio! rsrs *sem graça, vou nem mentir*
Mas é isso aí, viva a globalização! Um dia todo o país terá um único sotaque!

Agora falando exclusivamente de sotaques: Eu super me revolto como as pessoas de uma região zombam dos sotaques de outras regiões. Vou nem mentir que isso é perfeitamente notável no sudeste. Claro que não são todos, mas tem uns gaiatinhos que fazem isso na cara de pau! Mas saibam vocês que tiram onda que nós também tiramos ondas de vocês! É, vou nem mentir quanto a isso!
Minha gente, cada lugar tem seu sotaque! Tipo, rir ou achar engraçado (como eu fazia com os pernambucanos risos risos) é legal, aceitável, um rir do outro e pronto. Mas humilhar ou até mesmo excluir alguém por causa do sotaque é ridículo! Vejam o que aconteceu comigo quando eu tinha 14 anos:
Eu fui a Brasília e passei cerca de um mês lá. Eu nunca fui tão humilhado na vida como fui nesse mês! Juro como deu vontade de usar a linguagem dos mudos! No shopping, eu cheguei no McDonald's e disse:
"Moça, quero um sorveTe De chocolaTe, por favor"
A dona-moça fez aquele risinho desgraçado de canto de boca e repetiu:
"De chocolaTTTTTTe?!?!"
Eu fiz uma cara de e repeti:
"Sim, De chocolaTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTTe!"
Absurdo, né? Também acho...
Só o que me revolta mais que isso, é alguém de outro lugar tirar onde do sotaque daqui ESTANDO aqui! Se acha ruim, VÁ EMBORA! Digo mermo, vou nem mentir!

Então é isso pessoas, brinquem com os sotaques e talz, mas não cheguem a humilhar. Isso cria até um laço de ódio entre regiões e já existe tanto preconceito das pessoas do sul com as pessoas do norte... =/
Queria muito morar num país onde eu pudesse falar livremente sem sofrer preconceito, vou nem mentir! =p

Então até um futuro próximo, pessoas! o/

Tocando agora: Story of the Year
Commenti accettati
Sudamérica, Natal, Brasil

Commenti

  • Mayk09

    Sou paranaense.. :DD Minha família é do interior de São Paulo, logo tenho sotaque de lá.. Eu puxo o "r" nas palavras, tipo poRRta, faRRpa, etc. Já morei em vários estados do Brasil... e nunca senti preconceito por causa do meu sotaque.. as pessoas brincam bastante me imitando e eu imito elas, claro.. é engraçado, mas se eu chegasse em algum comércio e alguém fizesse isso que a mulher fez com você eu agiria da mesma forma, ou até pior (PS: ri muito da cara da paola, haushusa) :ppp Agora moro em Porto Velho, aqui o povo chia nos "s" do meio, tipo "pescas", eles falam pexxcas.. Pra perguntar as horas é algo parecido com a menina aí, eles dizem "que horas tens?". Algo grande é algo "maceta". Algo legal, é "grã-fino". Briga é "peia". E viva as diferenças regionais !!!

    Mar 17 2010, 23:52
  • NoiadOo

    KKkKKkK mano, eu ja passei por isso tbm, ja morei em Fortaleza, Natal, e Salvador, e eu sou natural de São Paulo, nuss, dai da pra ver como meu sotaque eh bem diversificado, e o pior eh que agora eu moro em Campinas e qnd cheguei aki o povo zuava feio comigo, tinha uma turma que tentava me excluir, aff, fiquei puto, mas tbm esculhambei todo mundo, falei mesmo oq eu pensava e ateh que eles pararam um pouco. mas oq acho mais foda, eh que o povo daki crucifica o nordeste, eles falam que o nordeste eh um lixo, que lah soh tem mulher feia, que o povo eh "passa-fome", nada a ver isso, eu fico puto com esse povo daki, e principalmente no interior de Sp que tem mais descendentes de italianos, e por isso muitos se acham superiores! ¬¬ e um dia ainda volto pro nordeste, exceto Salvador mas um dia eu volto! x) (PS: ri muito da cara da paola, haushusa) [2]

    Mar 18 2010, 16:55
Visualizza tutti (2 commenti)
Aggiungi un commento. Accedi a Last.fm o registrati (è gratuito).